terça-feira, 25 de outubro de 2016

Não entre docilmente... tradução do trecho recitado mo filme (Interestelar)



Não adentre a boa noite apenas com ternura
A velhice queima e clama ao raiar do dia...
fúria, fúria contra a luz que já não fulgura.

Embora os sábios no fim da vida saibam que é a escuridão que perdura,
porque suas palavras não capturaram a centelha tardia...

Não adentre a boa noite apenas com ternura...
fúria, fúria contra a luz que já não fulgura....

Dylan Thomas

"Poesia recitada do filme Interestelar"

Nenhum comentário:

Postar um comentário